A partir de agora, os moradores de Cachoeirinha não precisam mais amanhecer em filas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para conseguir uma consulta. Qualquer cidadão que se dirigir ao posto de saúde poderá marcar uma consulta para a data mais breve possível com clínico geral, ginecologista e pediatra. O agendamento é somente presencial.

O programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) também está autorizado a fazer o agendamento de consultas, o que é chamado neste caso de acolhimento. Os agendamentos podem ser feitos em três manhãs e duas tardes, de acordo com os horários de cada ESF.

O secretário da Saúde, João Tardeti, explica que o Agenda Aberta é uma antecipação ao funcionamento do cartão Cachoeirinha +Saúde. “Como queremos evitar as filas nos postos, optamos pelo agendamento imediato antes que o cartão esteja funcionando, o que deve ocorrer dentro dos próximos meses”, esclareceu o titular da pasta.

Tardeti também comentou que a medida busca levar mais pessoas às UBSs, evitando que muitos se desloquem ao Pronto Atendimento 24h. E finalizou afirmando que o plano de carreira dos profissionais da saúde será revisto, a fim de atrair novos médicos para trabalhar no município.